Investigação e Formação

A nossa Clínica conta, há mais de 15 anos, com uma parceria muito importante na área da formação, a maior escola nacional nesta área – o Instituto Português de Naturologia – permitindo à Clínica ter acesso aos melhores profissionais.

O reconhecimento do estudo e da investigação, nestas áreas, é uma condição prévia para a criação de um “espaço europeu aberto” e transparente em matéria de educação e formação. Verifica-se uma evolução acentuada, nos últimos anos, em matéria de publicações científicas dedicadas à Medicina Complementar e Alternativa, em diversos centros académicos, quer na Europa, quer nos EUA.

A medicina natural vai muito mais longe que o exercício de uma profissão: é tanto uma forma de vida como um conceito de cura que emprega diferentes meios naturais para tratar a doença.


Existe, igualmente, um trabalho muito estreito entre a Clínica e a Investigação – CIMN – Centro de Investigação em Medicina Natural , que permite interagir no estudo dos diversos casos clínicos, organizando o conhecimento científico na área das terapêuticas pelos meios naturais, elaborando artigos e publicando estudos em revistas da especialidade, tal como a Scientific Journal of Natural Medicine sjmn@cimnatural.com.

Mantenha-se informado sobre os diversos estudos em curso e as várias formações que lhe podem interessar em:

Comité Internacional de Bioética da Unesco acordou, em Setembro, de 2012, durante a XIXª reunião, instar todos os governos do mundo a garantirem o acesso dos cidadãos aos tratamentos alternativos e a reconhecê-los como uma opção na saúde.
Pede-se, em suma, o mesmo que já se havia pedido em sede de Conselho da Europa, na sua resolução de 1.206, de 1999. Na reunião de Genebra a OMS apelava “à maior evidência possível na idoneidade destes tratamentos com critérios de segurança, eficácia e qualidade”. A Lei 71/2013, de 2 de Setembro, veio regular, em Portugal, o acesso às profissões das terapêuticas não convencionais, bem como o seu exercício, no setor público e privado. Todavia, a medicina natural vai muito mais longe que o exercício de uma profissão: é tanto uma forma de vida como um conceito de cura que emprega diferentes meios naturais para tratar a doença.
O reconhecimento do estudo e da investigação, nestas áreas, é uma condição prévia para a criação de um “espaço europeu aberto” e transparente em matéria de educação e formação. Verifica-se uma evolução acentuada, nos últimos anos, em matéria de publicações científicas dedicadas à Medicina
Complementar e Alternativa, em diversos centros académicos, quer na Europa, quer nos EUA.
Neste sentido, a nossa Clínica conta, há mais de 15 anos, com uma parceria muito importante na área da formação, com a maior escola nacional nesta área, o Instituto Português de Naturologia, que permite à Clínica usufruir dos melhores alunos e profissionais, nesta área.
Existe, igualmente, um trabalho muito estreito entre a Clínica e a Investigação – CIMN – Centro de Investigação em Medicina Natural , que permite interagir no estudo dos diversos casos clínicos, organizando o conhecimento científico na área das terapêuticas pelos meios naturais, elaborando artigos e publicando estudos em revistas da especialidade, tal como a Scientific Journal of Natural Medicine sjmn@cimnatural.com.