Mensagem ao novo paciente:

A falta de informação sempre foi a razão para negligenciar os cuidados preventivos na saúde. Atualmente, esta desculpa é insuficiente já que padecemos de excesso de informação.
Se o tratamento é importante, nunca poderemos esquecer que cabe, a cada um de nós, a responsabilidade de fazer a manutenção do nosso corpo e da mente, tal como fazemos a manutenção da nossa casa e do nosso carro.
A prevenção da doença é o primeiro objetivo e o tratamento o segundo.

Novo Paciente? Cheio de Dúvidas?

Aqui encontrará as respostas para as suas questões!

Nesta área, encontrará respostas às perguntas levantadas com mais frequência. Se, de alguma forma, não vir a sua dúvida esclarecida com esta informação, por favor envie as suas questões para: geral@clinicasvital.com.

A nossa clínica é modelada em torno de uma estrutura holística enfocando a dieta, estilo de vida, testes, nutrientes e fitoterapia. Com formação contínua, seminários, conferências e colaborações, o nosso conhecimento está no auge da saúde natural.
Tratamos a causa de sua doença e não, apenas, os sintomas para que possa obter resultados a longo prazo. Temos em atenção a alimentação, a deficiências de nutrientes, infecções, alergias, níveis de toxicidade, stresse e outros fatores que poderão estar a afetar a saúde.
Os suplementos serão então utilizados a curto prazo para apoiar o organismo onde deficiências de nutrientes ou infecções são identificadas. Recomendações dietéticas, técnicas de medicina chinesa, abordagem osteopática e exercícios orientados, também farão parte de nossa abordagem holística para manter ou recuperar a saúde.
Orgulhamo-nos de ter pacientes saudáveis ​​e satisfeitos através de métodos naturais. Acreditamos, firmemente, que os métodos naturais de tratamento ajudarão a manter e recuperar a saúde.
Como o próprio nome refere, trata-se de uma doença que vai, gradualmente, comprometendo as funções vitais, atuando de forma evolutiva, agravando o quadro do paciente com o passar do tempo. É uma patologia irreversível. Existem tratamentos para controlar a evolução da doença, mas não tem cura.

As células e os tecidos vão perdendo a sua função, tornando-se essencialmente básicos e que, portanto, não controlam a atividade para a qual foram dotados. Por isso, o indivíduo perde a mobilidade, a memória, os músculos param de trabalhar e dificultam a atividade dos órgãos internos e, numa fase mais avançada, pode levar à morte. Classificam-se como doenças degenerativas, nomeadamente, os diabetes, a arteriosclerose, a hipertensão, as doenças cardíacas e da coluna vertebral, o cancro, o reumatismo, a esclerose múltipla e a artrose.

As terapêuticas naturais apresentam métodos que, não sendo invasivos, irão ajudar a recuperar o organismo, não o danificando com intervenções químicas.

Os alimentos são essencais para a saúde. Todavia, nem todos os organismos o assimilam bem e, nem todos os alimentos têm os nutrientes que era suposto terem e sempre tiveram nos tempos passados.

Se pensarmos que:

– Existem nutrientes essenciais que o corpo necessita, diariamente, para funcionar na perfeição e não os pode produzir;

– De acordo com os dados das entidades oficiais, mais de 85% dos solos na Europa estão desprovidos de nutrientes (degradados nutricionalmente);

– As plantas cultivadas nesses solos, mesmo que por forma orgânica, estão hoje desprovidas de nutrientes essenciais (minerais e vitaminas), indispensáveis ao bom funcionamento orgânico.

Daqui, obteremos, facilmente, a resposta no sentido de ser essencial a suplementação nutricional.

A fibromialgia é uma doença crónica que se carateriza por uma dor muscular generalizada e sensibilidade excessiva em muitas áreas do corpo. Muitos pacientes com fibromialgia também sofrem de fadiga, sono excessivo, dores de cabeça e distúrbios do humor, como depressão e ansiedade. Curiosamente, apesar da riqueza de sintomas, não há alterações detectáveis nos exames laboratoriais nem nos exames de imagem, como radiografias, ultrassonografia, tomografias, etc. Pode acontecer que, além da dor, mais nada é detectado através do exame físico do paciente com fibromialgia. Biópsias realizadas nos músculos, tendões e ligamentos nada revelam, não há sinais de inflamação, não há lesões e muito menos alterações estruturais. Por isso, esta doença necessita de uma análise muito cuidada do paciente, nomeadamente dos seus hábitos alimentares com eliminação dos cereais, tendo-se registado, ainda, uma intervenção, muito bem sucedida, em alguns dos casos, com a acupuntura e com o aumento gradual do exercício físico.
O intestino delgado tem, entre outras, duas funções importantes: uma de digestão e absorção de nutrientes e outra, não menos importante, de actuar como barreira ou protecção à penetração no organismo de macromoléculas e compostos tóxicos.

A Síndrome do Intestino Permeável (SIP) suspeita-se ser uma das principais causas de disfunção orgânica das “incuráveis” doenças crónicas da sociedade actual. Esta síndrome, sem aceitação ou tratamento médico alopático na actualidade, caracteriza-se pela inflamação e irritação do epitélio do intestino delgado conducente a uma porosidade da parede intestinal além do normal, permitindo a passagem, para a corrente sanguínea, de substâncias (lectinas alimentares, toxinas microbianas, bactérias, fungos, parasitas, etc.) que em condições normais seriam enviadas para excreção nas fezes. Situação que vai comprometer o funcionamento do fígado, o sistema linfático e a resposta imunitária, incluindo o sistema endócrino e provocar mal absorção dos nutrientes e, consequentemente, desnutrição e fadiga crónica.

Junto com os ansiolíticos, os fármacos para a acidez gástrica encontram-se entre os mais vendidos, em todo o mundo, pois são enfermidades causadas pela combinação de stress e maus hábitos alimentares e de vida. Inibir a secreção dos ácidos do estômago com fármacos (anti-ácidos ou inibidores da bomba de protões), alivia a dor mas consitui um grave erro terapêutico, já que prejudica a acidez necessária para a digestão dos alimentos e controlo dos microorganismos No âmbito da Naturopatia há soluções muito eficazes. O primeiro passo será a correção alimentar. Assim, sem prejuízo da orientação de um especialista Naturopata, uma das opções naturais para atuar nestes casos é a argila branca pura, já que diminui a irritação da mucosa gástrica e deverá ser tomada sob orientação do  Naturopata. Outra solução é o sumo de batata cru, ou o carvão vegetal à venda em cápsulas, nas farmácias ou ervanárias. Todas estas opções deverão ser tomadas sob orientação de um especialista.
O lúpus é uma doença que está classificada como autoimune, tal como o Vitiligo, Diabetes do tipo 1, Esclerose múltipla, Doença de Graves, Hepatite autoimune, Doença de Chron, Psoríase e Doença celíaca. Estas doenças autoimunes fazem parte de um grupo de doenças distintas que têm como origem o fato do sistema imunológico passar a produzir anticorpos contra componentes do nosso próprio organismo. Por motivos variados e nem sempre esclarecidos e conhecidos, o nosso corpo começa a confundir as suas próprias proteínas com agentes invasores, passando a atacá-las. Trata-se de uma situação causada pelo nosso sistema imunológico, que passa a funcionar de forma inapropriada. Apesar dos pacientes com doenças autoimunes poderem apresentar alguns sinais e sintomas inespecíficos, como cansaço, febre baixa, desânimo, emagrecimento e mal estar geral, a verdade é que o quadro clínico de cada doença autoimune é muito diferente e com características próprias. A nossa clínica, analisando cada paciente, vai orientar no sentido da Medicina Chinesa, Acupuntura, correção alimentar, suplementação nutricional ou qualquer outro tipo de intervenção que irá dar resposta a cada uma das situações em causa.
Uma boa saúde requer, sempre, uma boa digestão e absorção apropriada dos nutrientes. Por isso, se diz que a saúde passa por um intestino saudável e limpo. Muitos dos problemas de saúde passam e surgem no intestino, mesmo que este, aparentemente, funcione regularmente. Há quem refira que o intestino é aquele que atira a pedra e esconde a mão, já que, quando há a manifestação da doença, nunca se pensa que a origem esteja no intestino.

A HC é uma terapia que não provoca qualquer dor e consiste na limpeza da mucosa intestinal, de todas as substâncias tóxicas e não assimiláveis pelo organismo e que se vão acumulando ao longo do tempo. Constitui, também, uma função estimuladora do movimento peristáltico intestinal, regulando a prisão de ventre, evitando a proliferação de radicais livres e a oxidação biológica.

Atualmente, a maioria das pessoas sofre de uma composição alterada das bactérias intestinais, que se designa por disbiose.

A disbiose intestinal é uma disfunção do intestino devido, nomeadamente, ao desequilíbrio dos diferentes microorganismos que participam na flora intestinal normal. Diferente desta situação é a infeção intestinal (que são quadros patológicos em que os agentes agressores são patogénicos).

Por isso, quando se inicia um processo de recuperação da saúde, se deve iniciar por uma limpeza do intestino e reposição da flora intestinal, para que a digestão e a assimilação de nutrientes se faça de forma apropriada. Daí a importância da HC como fator essencial de limpeza do intestino.

“ O intestino é a raíz do Homem e o seu segundo cérebro”
(George Burns)

A Acupuntura, algumas técnicas de Medicina Tradicional Chinesa (MTC) e a Osteopatia têm grande sucesso nos processos de recuperação do sistema musculo esquelético. A MTC regula o fluxo da energia, ativando a sua circulação, estimulando os pontos específicos dos meridianos, que conectam com orgãos internos do corpo, criando entre eles uma relação reflexa. Quando há dor, há que avaliar o meridiano ou orgão afetado, assim como a causa que o afeta. Identificar a causa da dor e da desarmonia é fundamental para MTC. O ponto de partida é, sempre, averiguar a causa e atuar sobre ela. Nem todas as dores de cabeça são iguais e, por isso, terão de ser tratadas de forma diferente.

«A energia flui pelo corpo como a água e o acupuntor optimiza o seu caudal. Ao fazê-lo, harmoniza a saúde e pode mitigar a dor».

A Osteopatia vai permitir uma avaliação e tratamento com técnicas de mobilização das articulações, manipulação articular e de tecidos moles, reequilibrando o organismo e garantindo um bom funcionamento dos sistemas orgânicos.

A hiperatividade infantil não tem toda a mesma causa, nem origem. Cada caso é distinto e terá de ser feita uma observação cuidada da criança. Muitas destas situações têm sido controladas com as correções alimentares, com técnicas de chi kung, que devem ser ensinadas à criança, bem como a aplicação da acupuntura. A sua criança será avaliada e orientada pelos nossos especialistas.

O envelhecimento é algo de natural e inevitável, mas pode ser feito com mais qualidade, com diminuição dos efeitos laterais de algumas prescrições farmacológicas que, muitos pessoas de idade mais avançada, se vêm obrigadas a tomar. Em clínica temos tido resultados muito relevantes em algumas situações de retrocesso em patologias ou sintomas mais frequentes em pessoas de idade mais avançada. Esta análise é feita e a intervenção varia de paciente para paciente.
O objetivo do tratamento natural da gripe é o fortalecimento das defesas autocurativas do organismo e, por isso, apoiar as estratégias que o mesmo desenvolve para fazer face ao vírus.

Para tal, há que aproveitar os estímulos curativos dos agentes naturais como a água, o vapor, os envolvimentos, as plantas expectorantes e desinfetantes, os banhos, a alimentação, os sumos, etc. Há que recorrer aos antivirais como o gengibre e o alho e ter como certo a importância do fator tempo para o descanso. Há que dar ao organismo tempo para atuar contra o vírus (3 dias para a subida da temperatura e os 3 dias de descida). Depois de estar diagnosticado o estado gripal temos de nos mentalizar que estamos perante uma enfermidade grave e não se pode continuar a trabalhar. Algumas indicações importantes serão dadas pelos nossos especialistas.

Sim. A Lei nº 45/2013, de 22 de agosto e, posteriormente, a Lei nº 71/2013, de 2 de setembro veio reconhecer, em Portugal, a existência de sete áreas no âmbito das terapêuticas naturais: a Medicina Tradicional Chinesa, a Acupuntura, a Naturopatia, a Osteopatia, a Homeopatia, a Fitoterapia e a Quiroprática. É reconhecida, a estas áreas, autonomia técnica e deontológica, na medida em que partem de uma base filosófica diferente da medicina convencional e aplicam processos específicos de diagnóstico e terapêuticas próprias. Desde 2013 têm sido publicados os diplomas de regulação do conteúdo funcional de cada uma das profissões, estando o seu exercício vedado a quem não tenha a respetiva Cédula Profissional de especialista, emitido pela ACSS. Todos os nossos especialistas estão, devidamente, autorizados a exercer, com Cédula Profissional.

A Clinica Foz Vital apresenta vários tipos de soluções que poderão ser a resposta para a sua situação. Para isso, tem duas opções:

–  preencher o nosso formulário de contacto indicando o que o/a preocupa e os nossos serviços de apoio irão sugerir uma consulta da especialidade;

–   marcar uma consulta de despiste, de caráter generalista, onde serão apresentadas as soluções possíveis e sem qualquer compromisso. Esta consulta terá um valor custo reduzido.

As consultas têm vários preços, conforme a especialidade, podendo ir de 40 euros a 75 euros.

Há, todavia, um protocolo, com o Instituto Português de Naturologia, que permite a possibilidade de consultas, em várias especialidades, a preços muito económicos e que se realizam no âmbito das práticas clínicas – ensino clinico. Se desejar mais informação, envie-nos uma mensagem para saber dias e preços.

Novo Paciente
“Quando alguém deseja a saúde, é preciso perguntar-lhe primeiro se está disposto a suprimir as causas da sua doença. Só então podemos ajudá-lo”. Hipócrates

A falta de informação sempre foi a razão para negligenciar os cuidados preventivos na saúde. Atualmente, esta desculpa é insuficiente já que padecemos de excesso de informação.

Se o tratamento é importante, nunca poderemos esquecer que cabe, a cada um de nós, a responsabilidade de fazer a manutenção do nosso corpo e da mente, tal como fazemos a manutenção da nossa casa e do nosso carro.
A prevenção da doença é o primeiro objetivo e o tratamento o segundo.

Se é a primeira vez que recorre aos serviços das Clínicas Vital, seja bem-vindo a uma nova forma de abordar a saúde e a doença.

A doença é um processo e não um estado. Nunca se cai doente repentinamente. Há, sempre, um processo de acumulação de causas que têm origem na nossa alimentação, nos nossos hábitos diários ou na falta deles.

Para isso, o paciente deverá ser acompanhado por especialistas com conhecimentos em diagnóstico e terapêutica que possam fazer a avaliação correta sobre o seu estado de saúde, verificando se o organismo está carente de nutrientes e, por isso, em situação de pré doença.

Uma das maiores dificuldades é conhecer a causa da doença. Por isso, a melhor solução é a prevenção.

A alimentação é um elemento essencial para a análise do estado de saúde, determinando-se quais as vitaminas ou minerais em que organismo está necessitado, quais os ingredientes a que está sensível ou produz alergia.

Dando ao organismo os nutrientes que ele necessita e eliminando as toxinas, o organismo poderá recuperar, mais facilmente, o seu estado saudável.

Sugerimos-lhe, desde já, alguns conselhos:

  1. Cuide-se para não ficar doente. Preocupe-se em se manter saudável;
  2. Não recorra à Clínica apenas quando está doente. Vá criando hábitos de saúde;
  3. Os seus hábitos traem-no e podem levá-lo à doença. Saiba o que deve fazer. Informe-se.

Nós ajudamos a orientar o seu estilo de vida e os cuidados a ter!

Esperamos que esteja disposto a experimentar e a introduzir o desafio da mudança na sua vida. Forme-se, informe-se e coloque-se em posição de ouvir o seu corpo e poder decidir quando está perante um problema que está fora da sua competência e se deve dirigir a um especialista.

Marque para si ou para a sua família uma consulta de avaliação sobre o estado de saúde, mesmo antes de estar doente.

Conheça as nossas condições especiais.

Envolva-se no processo de aprendizagem sobre o funcionamento do seu organismo e saiba como evitar ficar doente.

«A cura é um direito inato de todos os seres humanos. Não tem de ser introduzida nas pessoas nem lhe ser imposta; em vez disso deverá ser incentivada calmamente» (Andrew Weil – Saúde e Medicina Natural.)