Saúde Infantil

A saúde da criança e o tratamento da doença, na infância, é uma das nossas preocupações, pelo seu caráter preventivo, para se tornar um adulto saudável.

Preocupações

Transtornos de Atenção e

Hiperatividade Infantil

A hiperatividade é um dos componentes mais conhecidos do TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade. A criança hiperativa mostra um nível de atividade bastante maior que outras crianças da mesma idade.
O diagnóstico da TDAH deve ser realizado por especialistas, mas haverá de salientar que, muitas das vezes, se fala desta síndrome indevidamente. Há, por isso, que saber se estamos perante um problema da criança ou do meio.
Sem prejuízo de um correto acompanhamento por especialista, a intervenção no âmbito das terapêuticas naturais tem conseguido resultados muito eficazes no âmbito TDAH com a correção alimentar, suplementação nutricional e técnicas de medicina chinesa (acupuntura e chi kung).
De qualquer forma, quando há uma queixa dos pais, a questão deve ser esclarecida e deverá ser estudada uma solução para cada criança.
Não poderemos esquecer que a saúde da criança passará, sempre, pelo equilíbrio entre a sua saúde mental e física, tentando encontrar a melhor forma de coordenar a sua atividade física com a mental.

Obesidade

infantil

Pela OMS como uma epidemia e verifica-se quando a criança atinge um determinado nível de gordura corporal (maior que 15% que o peso médio da criança  correspondente à sua idade) afetando negativamente a sua saúde ou bem-estar.

Podem ser vários os fatores, mas os mais habituais e comuns em todas as situações de obesidade infantil, são os hábitos alimentares e a atividade física, além de fatores biológicos, comportamentais e psicológicos.

Uma alimentação desequilibrada, rica em fast foods, alimentos industrializados e congelados, refrigerantes, doces e fritos, acompanhada de sedentarismo são os principais fatores.

Há que ter em conta, ainda, o histórico familiar de obesidade, com a passagem de maus hábitos alimentares vividos no ambiente familiar, acrescentando fatores psicológicos, como o stress ou o tédio, que podem fazer as crianças comerem mais do que o que necessitam.
E, acima de tudo, comerem mas não se nutrirem.

Em clínica, estamos preparados para fazer a correção alimentar adequada aos seus filhos.

Durante estes primeiros anos, enquanto o sistema imunológico se desenvolve, a nutrição apropriada, o exercício físico, um ambiente adequado às necessidades da criança, uma boa nutrição, ajuda, em muito, o bom desenvolvimento do sistema imunitário. Estabelecer bons padrões nutricionais e de saúde no início da vida, também permite que as crianças aprendam a cuidar de sua própria saúde.


A saúde da criança e o tratamento da doença, na infância, é uma das nossas preocupações, pelo seu caráter preventivo, para se tornar um adulto saudável. Durante estes primeiros anos, enquanto o sistema imunológico se desenvolve, a nutrição apropriada, o exercício físico, um ambiente adequado às necessidades da criança, uma boa nutrição, ajuda, em muito, o bom desenvolvimento do sistema imunitário. Estabelecer bons padrões nutricionais e de saúde no início da vida, também permite que as crianças aprendam a cuidar de sua própria saúde.
Situações como hiperatividade infantil, falta de concentração, falta de resultado escolar, obesidade infantil, têm sido tratados no âmbito da terapêutica natural com resultado e sucesso total. Existem métodos terapêuticos naturais que trabalham com grande eficácia, sem recurso a prescrição farmacológica de efeitos secundários.